Planejar uma reforma em casa é algo que exige certos cuidados. Esses aspectos a serem avaliados vão desde a definição do espaço disponível para a construção até a quantidade de trabalhadores e materiais necessários para a obra. 

A tarefa não é complexa, no entanto, o planejamento é essencial. Seu maior benefício é a redução nos gastos, pois idealizando a reforma é possível estabelecer um cronograma a ser seguido, mantendo a qualidade esperada em sua obra.

Considerando esses aspectos, preparamos este conteúdo para que você aprenda a organizar a maneira de construir e reformar da melhor forma, tudo isso sem gastar mais que o necessário para que tudo corra bem. Confira:

Defina o objetivo da construção que irá realizar

Isso não é um mero detalhe; definir o seu objetivo é essencial. Sem ter noção ou não saber o que fazer, ao fim da reforma, se colocar na ponta do lápis verá que acabou gastando mais que o necessário.

Não parece tão importante, mas muitas pessoas acabam comprando tintas, gesso, areia ou mesmo equipamentos de proteção individual para os trabalhadores, como luvas e capacetes, sem antes avaliar a real necessidade de tudo isso.

Imagine que antes de saber as quantidades de materiais usados você sai comprando gesso e cimento a olho, ou aluga equipamentos como uma máquina de solda ou uma máquina de corte a laser sem saber se precisará de tudo isso.

Esses gastos poderiam ser evitados, não acha? Por isso, antes de qualquer investimento é necessário pensar calmamente sobre a reforma, além de falar com os profissionais e procurar diferentes opiniões de especialistas. Essa é uma boa forma de economizar.

Defina as etapas da construção

Uma grande ajuda para quem quer construir e reformar a casa é, na hora de planejar, estabelecer um cronograma. Ao considerar que uma construção depende de várias coisas acontecendo ao mesmo tempo, é importante se programar.

Essas coisas envolvem o trabalho sendo feito, tanto quanto os prazos de entrega dos materiais, horários de serviço dos profissionais e até os transtornos que você acaba tendo na sua casa.

Por exemplo: no caso de uma obra grande, ela deve ser feita por etapas. Enquanto é iniciada nos quartos, você utiliza o resto da casa, e só começa a quebrar a cozinha ou banheiro, quando o outro cômodo tiver sido finalizado.

Por meio desse cronograma, além de amenizar esses transtornos, também é uma forma de fazer o orçamento se baseando na quantidade de dinheiro disponível.

O cronograma também é uma forma de alinhar as informações passadas pelo mestre de obras. Além de entenderem o que pode ou não ser feito, o conhecimento técnico deles pode ajudar a economizar tempo e dinheiro. Por isso, faça o máximo de orçamentos possíveis e não tenha pressa para iniciar logo o obra.

Pesquise por mão de obra qualificada e materiais bons

Agora que sabe exatamente como tudo será feito e têm a noção do tempo que será gasto, é hora de comprar os materiais necessários para toda a construção.

Considerando a dica anterior, aproveite os variados orçamentos que fez, pois em todos eles os profissionais consultados devem ter passado a quantidade de materiais gastos ao longo da obra.

O ponto central é que você deve pesquisar para economizar, no entanto, isso não significa abrir mão da qualidade. Acredite, a última coisa em que você quer utilizar materiais de baixa qualidade é na reforma da sua casa.

A pesquisa é importante para que você não gaste além do necessário em produtos, porém, a qualidade é um fator que deve ser mantido! Pois pense que se usar materiais ruins, precisará fazer uma nova reforma em breve, resultando em um gasto maior.

Reforme sua casa sem gastar muito

Ao longo deste conteúdo, demos algumas dicas para que possa construir e reformar sua casa sem grandes problemas. O que achou das nossas informações?

Todos gostam de reformar a casa e dar um tom diferente ao ambiente, tornando-o mais aconchegante e receptivo. O ponto é que isso não precisa ser feito gastando um valor absurdo.

Seguindo as dicas que demos, além de bons resultados com sua obra, você consegue otimizar seu orçamento e economizar, melhorando sua casa sem gastar em excesso.


Esse artigo foi escrito por André de Angelo, redator do Soluções Industriais em parceria com o Liga Blog.