O terreno fica na Rua Diogo Moreira, uma ligação entre a Faria Lima e a Eusébio Matoso.

Por Circe Bonatelli, Estado de SP. A Even acaba de acertar com o Grupo Malzoni a compra de um terreno de grandes proporções no disputado eixo da Faria Lima, a mais importante zona empresarial de São Paulo. O local receberá prédios de apartamentos, escritórios e hotel, além de lojas, em um sinal de confiança na ocupação dos imóveis a despeito das preocupações atuais com o isolamento social e a duração do home office.

O negócio foi fechado por R$ 500 milhões, dos quais cerca de R$ 200 milhões serão pagos em dinheiro e R$ 300 milhões em permuta, apurou a Coluna com fontes do mercado. Já a venda das unidades deve movimentar perto de R$ 2 bilhões. Como se trata de um empreendimento de grande porte, o lançamento será dividido em fases, e feito ao longo dos próximos anos.

Região da Faria Lima é cobiçada pelas construtoras

O terreno fica na Rua Diogo Moreira, uma ligação entre a Faria Lima e a Eusébio Matoso. O futuro canteiro de obras tem mais de 15 mil metros quadrados em área, o equivalente a pelo menos dois campos de futebol. Um imóvel livre e desse porte na região é uma raridade cobiçada pelas construtoras.

O Grupo Malzoni ficou quase uma década comprando comércios e pequenos prédios na vizinhança para formar o terreno e só depois oferecê-lo ao mercado. O ativo foi inserido em uma sociedade de propósito específico (SPE), da qual também participam sócios menores. A negociação com a Even começou há seis meses e foi fechada no fim da última semana.

A Even começou o ano com R$ 1,3 bilhão em caixa, montante que tem como destino a compra de terrenos e a execução de obras. O novo projeto será um dos maiores da história da incorporadora, superando até mesmo o complexo lançado em 2019 em parceria com o grupo Fasano, em terreno de 5 mil metros quadrados na Rua Pedroso Alvarenga vendido no fim de 2020 para a Gafisa.