Por Renata Kuzma, Gazeta do Povo. Momentos de relaxamento também são bons aliados para ampliar a cultura geral e aprofundar conhecimentos. Para te ajudar a se distrair e passar tempo com qualidade na quarentena, quatro profissionais resolveram compartilhar suas indicações de filmes e séries sobre arquitetura, design e urbanismo. Confira!

Série “Everyday miracles” (2014)

“O design alia forma e função em todos os aspectos da construção de um projeto. Buscamos sempre a aplicação de materiais de forma a oferecer espaços únicos, confortáveis e atrativos, mas raramente nos questionamos sobre a origem desses materiais. Nessa série, o cientista Mark Miodownik mostra como surgiram materiais como o compensado, que permitiu a criação de mobiliário leve e resistente, ou ainda como Le Corbusier pôde mudar a forma como as construções eram feitas, trazendo mais luz natural para os interiores. Uma série interessante e inspiradora para pessoas curiosas sobre a origem de tantos materiais da vida moderna.” Disponível na Netflix. – por Andressa Gorski, designer.

Série “Chamas do destino” (2019)

“É um drama inspirado em uma tragédia real que aconteceu em Paris e aborda a opressão contra as mulheres em 1897. O mais bacana para os amantes de arquitetura é que tudo isso acontece em um cenário que eu considero mágico, que é a Paris do final do século 19. Além da arquitetura de todos os prédios e monumentos, é muito interessante passear por dentro das mansões e conhecer o que havia de mais luxuoso na área de decoração. É uma série que me marcou por conta disso, além de ser superinteressante!” Disponível na Netflix. – por Janaina Macedo, engenheira civil.

Série “As casas mais extraordinárias do mundo” (2017)

“Além de ter projetos diversos em vários locais diferentes no planeta com diversas soluções arquitetônicas, a dinâmica da dupla de apresentadores agrega dois pontos de vistas diferentes: um técnico, pois um deles é arquiteto, e o outro mais passional, a partir de um usuário, o que cria uma dicotomia entre o olhar profissional e a experiência passional do usuário leigo.” Disponível na Netflix – por Guilherme M. Vaz de Mello, arquiteto.

Filme “Parasita” (2019), de Bong Joon-ho

“O longa traz a arquitetura e o urbanismo como pano de fundo para quase todos os acontecimentos, o que faz parte do comentário social já existente em outros filmes do diretor sul-coreano. Os elementos urbanísticos e arquitetônicos integram a lógica do roteiro como catalisadores das ações, o que torna impossível desconsiderar as relações entre personagens, habitação e cidade. Relaciona as escalas de projeto e planejamento urbano de forma brilhante e traz uma reflexão sobre a conexão da arquitetura com os problemas sociais.” Disponível no Tele Cine Play – por Renata Kuzma, arquiteta.