Mediação de conflitos: como tem sido a comunicação nos chats, grupos de WhatsApp, e-mail entre as chefias e seus colaboradores? E entre as equipes? E junto aos clientes e fornecedores?

  • Tem gerado conflitos? Engajamento? Mais negócio?

Como tem sido o processo de preparação dos seus sucessores para dar continuidade aos trabalhos da sua empresa?

  • Está difícil alinhar expectativas?
  • Em que grau as relações familiares tem contribuído de forma positiva na busca de alternativas que gerem resultados a sua empresa?

Como especialistas em mediação de conflitos e analista comportamental observo que as famílias e organizações estão padecendo por não conseguirem promover o diálogo saudável entre os seus membros.

O distanciamento social evidenciou ainda mais essa lacuna nas relações interpessoais.

Indicadores de desempenho/resultado demonstram que esse problema interfere diretamente nos resultados pessoais e, consequentemente, nos, institucionais.

Mas o que é mediação de conflitos?

É um processo – com técnicas e metodologia própria – que estimula o diálogo entre as partes que não conseguem se comunicar na busca do entendimento. Para tanto, busca gerar clareza quanto às reais necessidades e intenções ao dar voz para que se expressem.

Como processo de Resolução Alternativa de Disputas (RAD) é de participação voluntária.

Gera autonomia para que as partes construam alternativas que atendam aos seus reais interesses.

Estabelece confidencialidade de todos os participantes e imparcialidade por parte dos mediadores. Não julgar para ajudar!

Observa também o respeito mútuo entre todos por meio do exercício da escuta empática e da comunicação não violenta.

Aprendizado importante, não é mesmo?

Principalmente face as tensões vivenciadas nos tempos atuais.

Mediação de Conflitos – o que promove?

  • Ajuda os envolvidos na disputa a se deslocarem de suas posições iniciais de confronto.
  • Busca o alinhamento de interesses.
  • Trabalha a construção de um acordo que seja vantajoso para ambas as partes.
  • Compromete as partes na realização das ações por elas estabelecidas.
  • Acompanha todo ao processo.

Mediação de conflitos como atua?

  • Junto as partes em conflitos – “mediação”
  • Em grupos específicos – “facilitação” rumo ao dialogo
  • Atendimento Individual – “manejo” para alinhamento de ideias

Mediação – Quais as formas de atuação:

  • Online
  • Presencial
  • Intercala as formas acima

Histórico e regulamentação

A mediação foi desenvolvida no campo das relações trabalhistas como uma alternativa viável em relação à arbitragem ou às ações judiciais.

A regulamentação da Mediação Extrajudicial está na Lei 13.140/2015 que entrou em vigor em 2016.

Mediação – É utilizado em outros países?

Nos Estados Unidos temos o Instituto Nacional, a Sociedade de Profissionais em Resoluções de Disputas e, também, a Academia de Mediadores Familiares (ROBERTS& PALMER, 2005 -66 – 68)

No Reino Unido a mediação familiar voluntária foi estabelecida em Bristol no ano de 1976. (Sayers e Berveley).

A primeira turma de advogados em Mediação (Solícitos em Mediação), formou-se em 1985. A partir daí a maioria dos escritórios de advocacia no Reino Unido passou a treinar seus funcionários em Mediação para atender anúncios promocionais. (ROBERTS & PALMER, 2008 – 68).

Na Holanda, o processo teve início em 1990. Em 1992 foi criada o Instituto de Mediação Holandês – The Netherlands Mediation Institute. (DE ROO & JAGTENBERG – 2002).

No Brasil, o processo de “Mediação de Conflitos” ainda é pouco conhecido. Somos poucos profissionais credenciados a atuar de forma administrativa, ou seja, sem o acionamento da justiça(litígio).

Citamos como exemplo, na cidade de São Paulo, o setor de Conciliação e Mediação que atua desde 2003. Trabalham problemas relacionados com planos de saúde, disputas relacionadas a condomínios, instituições financeiras, administradores de cartão de crédito, cobranças de pensões alimentícias, ações de despejo, dentre outras.

Mediação de Conflitos – técnica nova, testada

Agora imagine: como seria a sua rotina se contasse com essa ferramenta para trabalhar os conflitos em sua empresa?