Quem não passou por uma situação dessas? Experimentamos um sentimento de fracasso e rejeição. Um turbilhão de questionamentos, de cobranças internas. Nos sentimos rebaixados, desvalorizados. Aonde foi que erramos?

Infelizmente, a partir desse momento, estacionamos em local proibido: nas justificativas. Sobrevivência do Ego.

Buscamos culpados: os critérios incompreensíveis do processo de seleção, preferências ou apadrinhamentos, profissionais de RH não habilitados.

Precisamos provar a nós mesmos que somos “as vítimas” do processo!

Fala sério, “como vítimas” dificilmente conseguiremos atuar em um bom emprego. Não é estratégico para nenhuma empresa.

Meu convite como analista comportamental: aprenda a receber um não.

Pense bem,  quantas vezes em sua vida receber um não te abriu novas perspectivas? Você reagiu. Se colocou em ação.

Receber um não te induz à mudança. O não verbaliza: mude de rota. Veja o que pode melhorar. Altere seu script de comunicação. Pesquise o mercado. Aonde você fará diferença?  

Sabe porquê?

Porque nos convida a entender o processo e não apenas o resultado final.

Então aprenda com o não a vivenciar muitos sim em sua vida pessoal e profissional. Esse é o meu convite.


Agende, on line, 20 minutos na sua agenda para conhecer nossa forma de trabalhar.

Liga Jobs atua exclusivamente junto às empresas da área da Construção Civil.