Os serviços online de arquitetura e decoração são uma tendência extremamente forte no mercado atual e configuram-se como o futuro iminente. Porém, serviços online de arquitetura e decoração ainda geram muita divisão de opiniões no mercado dos profissionais atuantes. E você, já parou para pensar nesse novo modo de se relacionar com o cliente?

O modo como o cliente de hoje atua e busca serviços não e mais o mesmo. Hoje em dia, ele quer as facilidades de ter todas as soluções de compra na palma da mão, mas em contrapartida, não abre mão de um bom relacionamento. A decisão por comprar ou não um serviço raramente passa pelo lado racional e vai pelo emocional.

Profissionais que criam relacionamento online e oferecem opções acessíveis e dinâmicas ao cliente, aliados a uma boa entrega, estão na dianteira da concorrência.

A oferta de projetos online de arquitetura e decoração é enorme hoje no mercado, e ela não é errada, porém existem profissionais que trabalham com preços muito baixos ou então prometem aquilo que não poderão entregar.

Isso atrapalha o sonho do cliente, e muitas vezes acaba gerando prejuízos e erros enormes em obra. O Conselho de Arquitetura e Urbanismo do (CAU) inclusive aumentou severamente a fiscalização sobre esses serviços, com o intuito de regulamentá-la, além de verificar se realmente há um profissional registrado e qualificado por trás do atendimento.

“Nossa intenção não é coibir a oferta, mas discipliná-la e dar mais segurança ao cidadão e ao bom profissional”, explica o coordenador-adjunto da de Exercício Profissional do CAU/BR (CEP), Ricardo Fonseca. 

De acordo com Ricardo, a demanda para tornar mais efetiva a fiscalização da oferta de serviços pela internet veio diretamente dos profissionais. “Recebemos uma série de denúncias pelo SICCAU e pela Ouvidoria e constatamos preços muito abaixo do mercado, projetos sendo vendidos sem estudos de terreno, sem avaliação das normas locais – e o pior: sem a garantia de que quem oferece os serviços é arquiteto e urbanista. Isso tudo tem o potencial para transformar o sonho do cliente em pesadelo”, explica o coordenador-adjunto.

Desde que a oferta online seja idônea e não traga prejuízos ao cliente e nem ao profissional, a meu ver é totalmente válida. A comunicação online facilita o processo, diminui custos e gera rapidez na entrega, além de você aumentar seu alcance de clientes e ganhar escala. 

A discussão é recorrente em grupos profissionais. Muitos discordam da prática, acham que canibaliza o mercado. Entretanto, precisamos nos avaliar e ver que realmente a forma de projetar e captar clientes mudou. Hoje a agilidade, diferencial no atendimento e preço competitivo é fundamental.

Claro que existem parâmetros de excelência e necessidades dependendo de cada projeto. Mas para projetos menores, onde não existem grandes interferências, o cliente não quer mais se ater a um processo longo e caro de projeto e certamente vai buscar soluções mais dinâmicas e que caibam no seu bolso.  Eu prego isso desde 2010, onde fui uma das pioneiras em São Paulo em consultorias de decoração online e presenciais, a preços mais acessíveis.

Com as novas demandas, precisamos sempre reavaliar nossas metodologias e processos dentro de nossos escritórios, porque os profissionais que não se adaptarem a essa nova realidade do mercado, provavelmente ficarão para trás.


Você quer saber se está preparado para sua construção ou reforma? Então descubra as palavras e expressões mais empregadas pelos arquitetos e construtores nas obras clicando aqui!