Enquanto aguardamos tamanho presente divino resta-nos a busca de respostas através da lógica em perguntas retóricas, aquelas para as quais temos convicções firmadas entre arquitetos e gestores de segurança condominial, dentre outras temos:

  1. Qual a tendência das concentrações humanas nos centros urbanos? Crescimento.
  2. Qual a tendência das construções nos centros urbanos? Edifícios.
  3. Qual a tendência da segurança nos centros urbanos? Crescimento da violência.
  4. Qual a tendência do modelo de vida nas residências e empresas? Automação dos processos rotineiros, por meio de meios tecnológicos dotados de inteligência embarcada.
  5. Qual a tendência do perfil do usuário dos espaços urbanos? PPU – Pay Per Use – Menos posse. Mais compartilhamento. “Conciergeria”.
  6. Qual a tendência da arquitetura dos espaços seguros? A evolução da concepção do ambiente visando a prevenção ao crime. Integração do IOT para tomada de decisão remotamente. 

Diante da visão destas partes do cristal as seguintes evidências:

– Participação dos fundos de investimento como investidores e proprietários dos complexos arquitetônicos;

– Operações controladas remotamente; com total confiança da efetiva continuidade dos FCS – Fatores Críticos de Sucesso dos empreendimentos, quais sejam: a Proteção; Saúde e Sossego dos usuários, com garantia de pronto restabelecimento à normalidade quando do registro de contingências.  

– Reversão do padrão de aquisição de veículos passando a utilização de veículos locados compartilhados.

– Crescente utilização de uso de aplicativos na locação temporária e por tempo indeterminado de imóveis.

– Moradia por assinatura;

– Hospedagem por aplicativos;

– Multiplicidade de perfis de usuários em um mesmo espaço de convivência

– Lazer na cobertura

– Condomínios Multiuso Integrados

– Coworking

– Coliving

– Bairros Planejados

– Home Office com recepção de clientes no Condomínio Residencial

A busca por cartomantes, especialistas em Tarô dentre outras formas esotéricas de saber sobre o futuro ainda permanecerá no inconsciente humano por muitas gerações, até lá, arquitetos e gestores de segurança condominial precisarão encontrarem-se, presencial ou virtualmente, com maior intensidade e integração, para juntos construírem espaços seguros de longa duração.

Conte com especialistas! Para colocar contribuir, desde o projeto ou ainda antes de ser contextualizado, com acessos seguros e sem retrabalho, sem perdas para investidores e fidelização de compradores, clique aqui e fale com nossos especialistas. Estão prontos para oferecer a melhor assessoria em Segurança Condominial, para arquitetos e construtoras.