O Índice Nacional de Custo da Construção recuou para 0,18% em abril, na comparação com março, quando registrou inflação de 0,38%. Segundo os dados divulgados nesta terça-feira (28), pela Fundação Getúlio Vargas, o indicador acumula alta de 1,16% no ano e de 4,02% em 12 meses.

A taxa do índice relativo a Materiais, Equipamentos e Serviços subiu 0,38% em abril, após variar de 0,35% em março. Os preços que mais subiram foram de materiais para acabamentos e nos serviços o destaque foi o item refeição pronta no local de trabalho. O índice referente à Mão de Obra não variou em abril, depois de uma alta de 0,40% no mês anterior.

Quatro capitais apresentaram desaceleração em suas taxas de variação: Salvador, Belo Horizonte, Recife e Porto Alegre. Em contrapartida, Rio de Janeiro e São Paulo registraram alta e Brasília repetiu a taxa do mês anterior.


Fonte: EBC