Tem gente que não abre mão da ducha higiênica, ou o famoso chuveirinho, mas não é todo banheiro que tem. Então, se você é uma dessas pessoas e o banheiro aí da sua casa não tem, temos uma dica pra você: a ducha com derivação.

Mas o que é ducha com derivação?

É a tradicional ducha higiênica, mas ela ao invés de ser alimentada por um cano normal de água fria, ela é alimentada ou pela caixa acoplada do vaso ou pela pia. Por esse motivo, a ducha com derivação se torna uma ótima alternativa para quem não quer abrir mão da ducha e não quer fazer obra.

Então, ela se torna uma ótima alternativa, pois evita o quebra-quebra e tem um excelente custo benefício, levando em consideração que não vai precisar fazer obra e que vai ser instalada mais rapidamente. Hoje em dia no mercado você encontra diversas opções, cabe a você escolher a melhor para a sua situação.


Fonte: Gabriel Simi e Flávia Lima, Pró-Reforma

Artigo anteriorCidades do mundo vistas de cima – Parte 2
Próximo artigoSaiba quais obras federais serão leiloadas em 2020
Arquiteta e Urbanista pela (FAU/UFRJ + Universidade do Porto). Mestre em Engenharia de Produção (COPPE/UFRJ). Doutoranda em Arquitetura (PROARQ/UFRJ) Criadora da Pró-Reforma (www.pro-reforma.com), ferramenta de apoio à tomada de decisão em projetos da CUG Consultoria, startup residente da Incubadora de empresas da COPPE/UFRJ. Professora substituta do Departamento de Projeto de Arquitetura do curso de graduação da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo UFRJ de 2016 a 2018, ministrando disciplinas de projeto de arquitetura, projeto executivo e projeto de interiores, além disciplina eletiva “relação teoria e prática”, com foco no custo das decisões arquitetônicas. Professora do programa de Educação Continuada do IAB/RJ – IAB Compartilha. Professora da plataforma de ensino a distância EstudeAE Profissional com experiência no desenvolvimento de projetos e no acompanhamento de obras de construção e reformas desde 2007, tendo ocupado o cargo de gerente de projetos na Mareines+Patalano Arquitetura, onde atuou de 2005 a 2013, tendo participação efetiva em todos os projetos desenvolvidos pelo escritório nesse período. Experiência na execução de obras de empreendimentos imobiliários de 2007 a 2009, com atuação no canteiro em todas as etapas de execução, desde as fundações até a entrega da obra. Vencedora do prêmio Arquiteto do Amanhã (IAB/RJ).